PLANTAS TÓXICAS
Em algum grau, toda planta apresenta alguma toxicidade, mas a denominação plantas tóxicas se aplica àquelas cuja ingestão ou contato provoca sintomas de intoxicação. A intoxicação consiste em uma série de efeitos sintomáticos produzidos quando uma substância tóxica é ingerida ou entra em contato com a pele, olhos ou mucosas . Pela diversidade dessas plantas que vivem ao nosso redor, como plantas ornamentais nas residências, nos jardins e parques, cultivadas ou na sua forma silvestre. Deste modo, fica evidente o risco de intoxicação tanto para o homem como para os animais.
A importância do grupo das plantas tóxicas, não está somente nos riscos que possam causar, mas também dos benefícios que podem proporcionar , já que os princípios ativos são o que determina a ação de ambos os tipos, e há plantas medicinais que são tóxicas se ingeridas em excesso


LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico. Consulte sempre um profissional da saúde nos locais aqui divulgados

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Pesquisar este blog

VOCABULÁRIOS DE TERMOS TÉCNICOS

VOCABULÁRIOS DE TERMOS TÉCNICOS
Clique para consultar

terça-feira, 21 de julho de 2009

CORTICEIRA - Erythrina crista-galli L.-Planta Venenosa - 44

Flor



CORTICEIRA
FAMÍLIA: Fabaceae (Leguminosae)
NOME CIENTÍFICO:Erythrina crista-galii L.
NOME POPULAR:
mulungu, murungu, sanandu, suína, suína, corticeira-do-banhado, sananduva, corticeira, crista-de-galo, samauveiro, seibo, flor-de-coral
SINONÍMIA
Corallodendron crista-galli, Erythrina crista-galli var hasskarlii, Erythrina crista-galli var leucochlora, Micropteryx crista-galli
PARTES TÓXICAS: a planta inteira
PRINCÍPIOS ATIVOS
alcalóides (eritroidina, eritramina, eritralina e eritradina)
SINTOMATOLOGIA
Depressão neurológica, astenia, paralisia muscular, podendo ocorrer a morte por axfixia em conseqüência da paralisia de músculos do sistema respiratório.
Segundo especialistas, os alcalóides desta planta são facilmente absorvidos pelo trato gastrintestinal, sendo rapidamente eliminados pelos rins, diminuindo a gravidade da intoxicação.
TRATAMENTO
O tratamento é sintomático,esvaziamento gástrico , poderá ser feita lavagem gástrica. Não há dose letal registrada na literatura.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
É uma árvore não muito alta, podendo atingir de 6 a 10 metros de altura, seu tronco é tortuoso e com espessura de cerca de 50 cm.. Suas folhas são compostas, trifolioladas com folíolos glabros de coloração verde levemente acinzentado. Suas flores são vermelhas na superfície e rosadas na face inferior, em cálice campanulado. É considerada uma florífera decídua, isto é, perde as folhas durante a floração. O fruto é uma vagem, conhecido também como legume, com sementes semelhantes ao feijão. É a arvore considerada símbolo da Argentina
ORIGEM: América do Sul (Sul do Brasil)
Fontes:
Débora Gikovate Barg:Faculdade de Ciências de S.Paulo
Wikipédia
Jardineiro.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário